6 de abr de 2011

Um ano a mais um ano a menos ..


afinal tanto faz, coisas vem e vão não posso mais esperar, mas ironicamente ainda tenho a eternidade.
Um ano a mais um ano menos, afinal a vida é uma só então, vamos viver! Teremos a eternidade para descansar depois de morrer!
Um ano a mais um ano menos, afinal quatro estações, vários momentos e emoções, historias, contradições, medos e paixões.
Um ano a mais um ano menos, afinal menos anos de vida, mas isso é tão bom! Significa que já tive experiências, durante muitos anos, que posso guardar pra sempre. Posso me desprender de algumas inúteis também, e ganhar novas.
Um ano a mais um ano menos, afinal mais anos de vida no currículo, é meio que ridículo mais já tenho momentos para contradizer uma geração, nessa coisa meio sem noção, continuou a aprender usando a razão mais que o coração.
Um ano a mais um ano menos, afinal só desejo ser feliz cada dia. Só desejo que meu sorriso na face seja verdadeiro sempre.
Um ano a mais um ano menos, afinal eu que tanto vivi, que tanto corri, que tanto me arrisquei, que tanto amei, sofri, experimentei, vi cores, som e luzes inéditas, sabores repetido, amores sofridos e alegres, momentos certos e incertos, planejados ou não, em duas décadas acho que já tenho menos fígado do que coração, eu sei meu jeito irônico não mudou, mais enfim eu vou da à pausa que eu tanto necessito em meio às ruas dessa cidade triste. Que o mundo a minha volta se encha de sorrisos ventosos e canções de amor. Afinal de contas, ainda nem é meu aniversário. Agora, só amanhã!



1 comentários:

Postar um comentário