6 de abr de 2011

Engraçado como hoje ..


jovens estão deixando de ser jovens mais cedo. Nossos pais com a nossa idade não estavam preocupados com as mesmas coisas que nos preocupam hoje. Eles queriam mais era viver. Sair no fim de semana e não ter hora para voltar. Ficar com os amigos e rir de coisas bobas. Queriam mais era ser feliz. Não existiam muitos jovens depressivos. Pelo contrário, eram sinônimos de vida, de alegria. Eles não saiam para ficar bêbados e não lembrarem de nada no dia seguinte. Antigamente uma menina de 15 anos com filho era de se espantar. Hoje é quase comum. Naquele tempo as crianças eram crianças, brincavam na rua e assistiam desenhos. Mas não acho que a culpa seja inteiramente nossa. A sociedade pede para que amadurecemos mais rápido. Precisamos decidir nossas profissões com 16 anos, arrumar um trabalho com 18 e se possível sair de casa antes dos 21. Há países onde morar na casa dos pais depois dos 21 é uma vergonha. Fora que não temos mais a mesma cabeça de nossos pais. Evoluímos, aprendemos com mais facilidade algumas coisas, e assim será com os nossos filhos também. Só acho que algumas fases estão sendo um pouco perdidas no meio de tanta evolução. Ouvi uma criança de 9 anos dizer que ver desenhos é chato. Ela também diz que ama um garoto da sala dela. Nem a minha avó sabe o que é amar. Eu não me lembro de pensar em amores com 9 anos. E minha infância foi tão boa, tão inocente. Sentiremos falta também da época em que pudemos ser jovens e no entanto estávamos preocupados demais jogando nossa adolescência fora por um garoto que agora não lembramos direito nem o nome. Ser jovem é dizer foda-se para o mundo e continuar vivendo. É exagerar sentimentos mas não morrer interiormente por isso. Aproveite sua juventude agora, porque assim como a infância que sentimos falta, ela passa. E rápido. 

1 comentários:

Mari Silva disse...

Não magoou.. bem, se essa é sua opinião, meu comentário também era a MINHA opinião. Acho que os blogs servem pra isso mesmo. Continue a escrever o que quiser, sempre vão ter pessoas discordando das suas opiniões. Mas gosto do seu blog e leio ele sempre (sou uma seguidora fiel), gosto da maioria dos seus textos. Continue assim, gosto de gente com opinião formada. Temos realidades diferentes, só isso.

Postar um comentário