17 de mai de 2011

Sinto falta ...



de quando uma caixa de papelão era um castelo, as bonecas de plástico eram nossa família, e lama era bolo de chocolate. Tenho saudade de quando adultos eram incríveis, e adolescentes era apenas uma relação com espinhas. Sinto falta de quando os adultos eram complicados, e uma amizade era feita em quatro minutos; de quando brincávamos, imaginando o que seriamos no futuro e qual profissão escolher. Sinto falta de quando os pais nos colocavam para dormir, e vinham nos visitar no meio da noite e de quando vinham nos ver em noites chuvosas. Tenho saudade de quando passávamos mais tempo com nossa família do que em frente a uma tela, e de quando havia mais amigos nos quais se podia ver. Sinto falta da mamadeira e da chupeta, que nos acompanhou tanto, dos abraços, dos chamegos e de quando escola era apenas um lugar para se divertir e para fazer amizades. Tenho muitas saudades de quando éramos pequenos, de quando as pessoas eram sinceras, e não conhecíamos a palavra falsidade.

0 comentários:

Postar um comentário