20 de jan de 2011

E era eu quem te implorava todos os dias para ficar ..


(E, mesmo assim se foi). Eu quem sabia de todos os seus segredos, de todos os seus medos. Eu quem estava aqui quando você precisava de alguém. (Por que você não esteve aqui?) Quando eu mais precisei de você, sumiu. (Daí eu não te sinto mais, não mais). Sofri, chorei, doeu. (Como doeu). Mas, me acostumei com a dor, aprendi a viver sem você. Agora você quer voltar, dizer que não me esqueceu. (Mas, eu não te quero mais). Eu quero que você chore, que sofra. Porque você não se preocupou quando eu era quem sentia a dor.

0 comentários:

Postar um comentário